Uma audiência pública realizada no dia 12 de abril na Câmara Municipal de Curitiba debateu os desafios enfrentados pelos aposentados do município devido ao aumento recente na taxação. Durante o evento, organizado pela vereadora Professora Josete (PT) diferentes categorias do serviço público se uniram à causa de revogar a medida e garantir uma aposentadoria digna.

O encontro teve como foco o Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Curitiba (IPMC). Desde 2017, houve um aumento na contribuição dos aposentados de 11% para 14%. Além disso, essa taxa passou a ser aplicada a todos os servidores que recebem mais de R$ 2.600, ao invés de incidir apenas sobre aqueles cujo valor ultrapassa R$ 7.500.

Foto: Leonardo Costa

Durante o evento, os participantes manifestaram indignação em relação aos motivos apresentados pelo prefeito Rafael Greca para justificar a medida. Os participantes argumentam que os verdadeiros responsáveis pelo déficit no sistema previdenciário são os próprios gestores.

Com o objetivo de reverter a situação, considerada absurda e injusta, os participantes estão apoiando um Projeto de Lei que já foi protocolado pela vereadora e encontra-se em análise pelas comissões temáticas da Câmara. Além disso, outras estratégias de luta foram discutidas durante o evento, fortalecendo a causa por uma aposentadoria digna.

Quero agradecer à toda e todos que ajudaram a organizar a Audiência. Aos sindicatos, aos parlamentares presentes, mas, principalmente, a cada servidora e cada servidor que lotou o auditório e o plenário da Câmara.

Vereadora Profª Josete, via post no Instagram

Leave a Comment

Fale com a Jô