“Não pode ser considerado normal”, diz Josete sobre novas revelações do Intercept

A vereadora Professora Josete (PT) pronunciou-se nesta nesta quarta-feira sobre nova reportagem divulgada pelo site Intercept Brasil em que o ex-juiz federal e atual ministro da Justiça Sergio Moro aparece em conversas tentando blindar o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso das investigações da Operação Lava Jato para garantir o apoio do tucano.

Em troca de mensagens com o procurador Deltan Dallagnol, no dia 13 de abril de 2017 – um dia após o Jornal Nacional da Rede Globo divulgar que FHC estaria sendo investigado pela Lava Jato – Moro reclamou da denúncia contra o ex-presidente, mesmo já estando provavelmente prescrito, porque isso “melindraria alguém cujo apoio é importante”.

Já Dallagnol admitia acreditar que outros procuradores passaram adiante a investigação sabendo que não resultaria em processo, com o objetivo de fabricar uma falsa percepção pública de “imparcialidade”, sem colocar FHC em risco.

Para Josete, as reportagens do site Intercept comprovam que a Lava Jato agiu politicamente para atingir o ex-presidente Lula e o projeto político que ele representa, chegando ao ponto de fingir uma investigação contra um adversário partidário em troca de seu apoio.

“Vivemos uma crise institucional em que a Constituição de 1988 tem sido desrespeitada desde o impeachment sem provas contra a ex-presidenta Dilma [Rousseff]. Não podemos aceitar a ideia que vivemos um ambiente de ‘normalidade’ no país. Isso não pode ser considerado normal”, destacou a vereadora na Câmara Municipal.

Foto: Rodrigo Fonseca/CMC

There are no comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart