Gestão Greca ataca a aposentadoria de servidores

A gestão Rafael Greca protocolou nesta terça-feira (24), na Câmara de Curitiba, projeto de alteração à Lei Orgânica (LOM) que ataca a aposentadoria de servidores/as do município. Seguindo a cartilha do governo Bolsonaro, o prefeito apresentou sua “reforma da previdência” que retira ainda mais direitos do funcionalismo.

O novo pacotaço do prefeito propõe, entre outros itens, a alteração do tempo de contribuição mínima para aposentadoria, com 62 anos para mulheres e 65 anos para os homens, além de propor o desconto de servidores/as aposentados/as que atualmente já não precisam mais contribuir com o IPMC.

Confira abaixo a íntegra do PL protocolado pela Prefeitura.


There are no comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart