Professora Josete presta solidariedade à jornalista ameaçada de morte por colega

Em pronunciamento na Câmara de Curitiba, a vereadora Professora Josete (PT) prestou solidariedade e apoio à jornalista Giulianne Kuiava, da RIC TV, que foi ameaçada de morte pelo ex-noivo e colega de trabalho Denian Couto. O caso foi divulgado em reportagem do site Intercept, onde foram apresentados áudios das ameaças aos quais o jornalista diz à garota que irá “matá-la se não calar a boca”.

Na matéria o jornalista – que também é apresentador da rádio Jovem Pan – é denunciado por relacionamentos abusivos por outras duas ex-namoradas. Segundo a reportagem, Giuli registrou boletim de ocorrência contra o ex-noivo ainda em janeiro, mas apesar da denúncia o comunicador seguiu normalmente em suas funções na empresa até a quinta-feira, dia 28.

Para Professora Josete, o caso é grave por envolver uma figura pública que busca ser um “formador de opinião” e pelo fato da jornalista seguir com a segurança ameaçada, uma vez que perdeu uma medida protetiva que impedia seu ex-noivo de se aproximar dela. “Não podemos ficar caladas e calados. Essa garota segue correndo risco, pois perdeu uma medida protetiva”, comentou.

A parlamentar citou nota oficial da RIC TV que trata do assunto. Para ela, o pronunciamento oficial é omisso no sentido de só citar o acusado da agressão e não trazer uma única citação à jornalista agredida, que também é trabalhadora do mesmo grupo de comunicação. “Enquanto o acusado pede afastamento e tenta dar a impressão que foi vítima de uma armação, a empresa não se posiciona firmemente sobre um caso de violência doméstica sofrida por uma trabalhadora. Não se trata de uma questão particular de um casal, mas sim de um caso grave de violência e ameaça de morte. Um contexto onde não cabe a omissão”.

Somando-se a pedido do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná (SindijorPR), a vereadora cobrou que as autoridades competentes dêem a devida atenção ao boletim de ocorrência registrado pela vítima e que Ministério Público do Trabalho instaure um procedimento para acompanhar o caso.

Ao fim de sua fala, Josete parabenizou Giulianne Kuiava pela coragem de denunciar seu agressor. “Que seu ato estimule e encoraje outras mulheres que sofrem com o machismo todos os dias. Seguimos todas juntas, fortes e vigilantes”, concluiu a vereadora.

There are no comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart