Vereadores congelam próprios subsídios até 2018

Vereadores congelam próprios subsídios até 2018

Os vereadores de Curitiba decidiram congelar os subsídios da próxima legislatura, que será eleita em outubro. Os vereadores eleitos em 2 de outubro receberão a partir de janeiro de 2017 R$ 15.156,70, o mesmo valor fixado em abril de 2015. O subsídio bruto do presidente da Câmara de Curitiba da próxima legislatura também foi congelado, em R$ 19.703,71. O projeto, de iniciativa da Mesa Diretora do Legislativo, autoriza a correção inflacionária a partir de 2018, conforme o índice concedido aos servidores municipais.

A vereadora Professora Josete apresentou emenda solicitando que o subsídio congelado fosse aquele aprovado em 2012, sem os reajustes inflacionários dos últimos anos. Ao invés de R$ 15.156,70, o subsídio congelado seria de R$ 13.500,00 – para o presidente, ao invés de R$ 19.703,71, o subsídio seria de R$ 17.550,00 .

“Com isso, o congelamento seria efetivo, pois, mesmo com reajustes inflacionários, os vereadores da próxima legislatura chegariam ao fim dela recebendo um subsídio parecido com o que é recebido agora”, defendeu a parlamentar. A proposta foi rejeitada.

There are no comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart