Protocolado no Ministério Público pedido de investigação sobre o Smart City 2019

A bancada de oposição da Câmara de Curitiba apresentou ao Ministério Público do Paraná um pedido de investigação sobre o Smart City 2019, realizado em março pela Prefeitura de Curitiba. As vereadoras e vereadores questionam o valor pago pelos cofres públicos para realização do evento. O município gastou R$ 1.862.00,00 em contrato firmado com a Focus Soluções em Sustentabilidade, representante da marca FIRA Barcelona. O contrato, de número 23.431, foi feito com dispensa de licitação.

O principal questionamento é a motivação de a prefeitura ter pago mais de R$ 1,8 milhão para a mesma empresa realizar um evento que no ano anterior teve custo “praticamente zero” ao município. No ano passado, a administração gastou R$ 59,3 mil com o “Smart City 2018” sob organização também da Focus. A bancada da oposição quer saber a razão de uma diferença gritante entre os dois eventos.

Na denúncia, os parlamentares apontam o princípio da eficiência e de interesse público. “Qual a justificativa, sob a ótica de interesse social, de investir-se mais de R$ 1,8 milhão dos recursos públicos em um evento privado, fechado a pagantes?”, questionam.

A cobrança de entrada para o evento também é questionada. Os ingressos para o Smart City 2019 custaram entre R$ 900 e R$ 1,5 mil cada. Para a bancada, os organizadores lucraram duas vezes com o evento. Além de terem o financiamento público, faturaram com a comercialização de ingressos.

Segundo a Agência Curitiba de Desenvolvimento, órgão que intermediou a negociação, Curitiba foi escolhida por seu potencial de “cidade inteligente”. Porém essa “escolha” custou caro ao município. Conforme a Agência, o montante pago foi para cobrir as despesas para realização do evento, como a contratação de palestrantes, passagem e montagem da feira.

O pedido de investigação sobre os fatos foi protocolado nesta quarta-feira (14) na Promotoria do Patrimônio Público. Ele é assinado pelas vereadoras Maria Leticia Fagundes (PV), Noemia Rocha (MDB) e Professora Josete (PT) e pelos vereadores Marcos Vieira (PDT) e Professor Silberto (MDB).

There are no comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart