Projeto que prorroga subsídio às empresas do transporte será votado na terça-feira (8)

Foi confirmado para terça-feira (8) a votação na Câmara de Vereadores do projeto de lei que prorroga o subsídio milionário às empresas do transporte público em Curitiba para até junho de 2021. A proposta foi enviada no dia 1º de dezembro por Rafael Greca e teve seu trâmite acelerado graças ao regime de urgência aprovado pela base de apoio do prefeito no Legislativo.

Assim como quando foi votado na primeira vez na Câmara, o projeto de prorrogação do subsídio vai a pauta com as críticas da bancada de oposição pela falta de informações suficientes ao projeto. A prorrogação do repasse mensal às empresas representará mais R$ 102 milhões dos cofres públicos ao setor que, desde maio, tem recebido repasses mensais de cerca de R$ 20 milhões.

Líder da oposição, Professora Josete (PT) questiona a “urgência” em votar um novo benefício aos empresários do setor e criticou a prioridade dada à gestão aos grandes empresários.

“Não vemos o mesmo empenho do prefeito com os micros e pequenos empresários, com os setores informais, que têm sofrido com os impactos desta pandemia”, disse Professora Josete.

Além disso, a parlamentar aponta a falta de transparência no debate da matéria. Ela cobrou maiores informações das empresas e da URBS. Na sua opinião, faltam informações sobre as linhas em atividade neste momento de pandemia, número de passageiros e o suposto prejuízo alegado pelas empresas do transporte público.

“Acredito que somente com essas informações esse projeto poderia ir ao plenário para votação. Sem essas informações, como comprovar a necessidade real destes repasses?”, questiona Josete.

 

Foto: Pedro Ribas/SMCS

There are no comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart