Orçamento 2021: Professora Josete concentra emendas na assistência social

A Câmara de Vereadores aprovou, na primeira quinzena de dezembro, a Lei Orçamentária Anual (LOA) de Curitiba para 2021. Com orçamento de R$ 9,063 bilhões, a lei compreende todos os gastos do município, identificando despesas e receitas para o ano que vem. Junto à LOA foram aprovadas emendas coletivas e individuais de cada parlamentar. As emendas são cotas que cada vereador(a) pode destinar – dentro do orçamento da prefeitura – para despesas em determinadas áreas.

As emendas apresentadas pela Professora Josete (PT) – entre individuais e em parceria com outros vereadores – somam a quantia de R$ 850 mil e foram concentradas especialmente na área de assistência social. Segundo a parlamentar, a definição prioritária pelo tema deve-se ao fato de que 2021 ainda será um ano de muitos impactos decorrentes da pandemia do novo coronavírus, sendo necessária uma concentração maior de esforços na área da assistência.

Entre as emendas individuais destacam-se recursos destinados à entidades que atuam junto à população carente como o Projeto Mesa Solidária, Casa de Acolhida São José e Servo Sofredor; na área de direitos humanos como o Grupo Dignidade, Grupo Esperança, Transgrupo Marcela Prado e a Associação Encontro com Deus.

Para geração de trabalho e renda, o mandato destinou emendas à Superintendência do Trabalho para compra de máquinas de bordar e para os Liceus de Ofício, para Associação de Apoio aos Deficientes (ACID), Associação São Francisco de Assis; e na área da economia solidária para o Instituto Lixo e Cidadania e o Cefúria.

Na área da educação, inclusão e entidades que atuam junto às crianças e adolescentes, o mandato destinou emendas ao Centro de Educação Infantil Amas, ao Passos da Criança, a FEPE – Crianças Excepcionais, APAE, Associação Renascer, Associação Futebol de Rua, Pequeno Cotolengo, Escola Nilza Tertuce e Escola Municipal Helena Antipoff.

Na área de atendimento aos idosos, emendas voltadas ao Asilo São Vicente, Socorro aos necessitados e Divina Misericórdia. Para terminar, ainda foram contempladas com emendas do mandato a Associação Parkisionismo e a Feira Internacional da Música.

A aprovação das emendas é uma primeira etapa. O cumprimento da execução, com a destinação dos recursos para as áreas determinadas depende da autorização do prefeito. “A aprovação das emendas é uma primeira etapa, depois cabe a nós cobrar e fiscalizar a execução dessas emendas e a destinação destes recursos para as entidades e ações que elencamos”, comenta a vereadora.

Comment (1)

  • Bom dia Professora Josete, parabéns pela sua reeleição e indicação para compor a mesa da Câmara. Solicito sua ajuda para acompanhar um obra da Prefeitura (relizada pelo Consórcio Pinheirinho) hoje passando pela Rua Piaui esquina com a Bahia em direção a Av Kennedy. A obra deixou o espaço da calçada sem conduções de transitar , com perigo de quem circula, além de acúmulo de lixo que está sendo deixado no local. Para completar tem sido local de encontro de usuários de drogas, representando perigo para os moradores da região. Este problema é antigo neste local. Agradeço desde já seu empenho em nos ajudar.

    Sonia Carolina Almeida De Domenico
    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart