Márcio Pessatti toma posse como novo Superintendente Regional do Trabalho

Márcio Pessatti toma posse como novo Superintendente Regional do Trabalho

Tomou posse hoje o novo Superintendente Regional do Trabalho e Emprego no Paraná, Márcio Pessatti. Ele assinou o termo de posse juntamente com o ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto. A nomeação de Pessatti para o cargo foi comemorada pelos movimentos sociais. “O Márcio é uma pessoa que tem uma história de luta pelos direitos dos trabalhadores, por isso nós ficamos muito felizes com esta indicação”, celebrou a vereadora Professora Josete, que esteve presente na solenidade.

Pessatti, que já foi presidente do PT do Paraná e assessor do ex-deputado federal Doutor Rosinha, estava atuando como chefe de gabinete na Prefeitura da Lapa. Ele destacou alguns desafios para a sua gestão. “A conjuntura nos deixa vários desafios. Um deles é manter um diálogo constante. Temos que ouvir os trabalhadores. Para isso, é importante retomar uma ferramenta que foi interrompida: o Conselho Regional do Trabalho”.

O novo superintendente salientou também a importância da defesa dos direitos dos trabalhadores. “Uma das nossas prioridades será reforçar as ações, visando construir uma pauta voltada ao combate ao trabalho escravo e infantil e ao fortalecimento das relações de gênero e com a juventude”, apontou. “Queremos dar uma atenção especial à vida do trabalhador”.

Retomada da economia

Os presentes destacaram a importância de uma união entre toda a sociedade civil e o governo para a retomada do crescimento da economia e da geração de empregos no país. “Passamos por uma crise em 2015, mas eu estou otimista para este ano. Quando me perguntam sobre a queda no número de empregos no ano passado, eu penso que o Brasil criou 20 milhões de empregos nos últimos 15 anos. É uma preocupação central do governo Dilma manter os empregos”, afirmou a senadora Gleisi Hoffman.

O ministro Miguel Rossetto destacou a importância da união entre trabalhadores, empresários e governo para a superação da crise. “Precisamos de uma gestão participativa e aberta, capaz de estabelecer diálogo permanente com todos os atores sociais”. Rossetto também apontou a importância do combate à desigualdade no ambiente de trabalho. “Um dos desafios que eu destaco é combater a brutal e persistente discriminação contra mulheres, jovens e negros no mercado de trabalho. Temos que ter isonomia, igualdade salarial, justiça”.

Ao fim de sua fala, Pessatti se emocionou ao falar sobre a caminhada coletiva que o levou até o cargo e destacou a importância de todos os servidores da superintendência. “Mais de 200 servidores estarão juntos nesta caminhada. Somos atores centrais em um processo histórico”, finalizou.

There are no comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart