Linha Verde: Moradores relatam transtornos causados por bloqueio na Rua Adílio Ramos

Acompanhamos nesta semana situação repassada por moradores(as) de um condomínio residencial no Bairro Alto que sofrem com um bloqueio na rua Adílio Ramos causado pelas obras da Linha Verde. Por conta do fechamento de um dos sentidos da rua, os moradores estão enfrentando quase 5 quilômetros de um trânsito pesado e lento para poder voltar para casa.

A Adílio Ramos é uma rua que inicia no Bairro Alto e desemboca na Linha Verde. No entanto, um trecho na parte da marginal, colado à Linha Verde, foi fechado em um sentido, causando transtorno para quem deseja entrar em um prédio residencial vindo através do Bairro Alto. A entrada pela Linha Verde não foi alterada.

Os mais prejudicados são os moradores do condomínio, que conta com mais de 1,5 mil pessoas. Para quem chega de Pinhais, Colombo e mesmo do Bairro Alto, é é necessário fazer o retorno de quase cinco quilômetros. O motorista deve retornar para a Linha Verde, pegar o acesso para o Bairro Alto, circular quase todo o bairro para então retornar para a Linha Verde na altura do Hospital Vita. Tudo isso por causa do fechamento de alguns metros de asfalto.

Nosso mandato foi procurado por moradores do residencial e nós buscamos contato com o vereador Mauro Bobato, que preside a Comissão de Urbanismo da @camaradecuritiba.

Fomos até o local verificar a situação, mas infelizmente a Prefeitura de Curitiba ainda não repassou uma resposta à demanda da comunidade. Esperamos que o IPPUC encontre uma solução que possa minimizar os impactos desta obra que se arrasta há anos. Seguiremos fiscalizando a situação.

There are no comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart